#TODASTWILIGTHERSGRITA: A Hospedeira vai virar filme!


Já disse aqui, mais de uma vez, que não morro de amores pela série Crepúsculo, como muitos, mas também não morro de ódio, como muitos mais. E por mais clichê que possa parecer falar isso, li todos os livros antes do primeiro filme ser lançado, então digamos que consegui apreciá-los antes que surgisse uma horda de "Robzetes" histéricas. Acho OK, são livros que cumprem seu papel de entretenimento, como sei lá, os do Dan Brown, não foram feitos para salvar o mundo das cáries.
Tá, saindo das explicações pessoais (haha, é quase como se a gente tivesse que pedir desculpas por ter lido, né?), a autora, Stephenie Meyer, tem um outro livro menos conhecido chamado A Hospedeira (The Host, no original), que na minha opinião é BEM mais interessante que os suas obras vampirescas. E a notícia é que, claro, o filme será adaptado para o cinema (afinal a Saga Crepúsculo está acabando, e o pessoal não quer perder a "boquinha"...). A direção será de Susanna White (de O Retorno de Nanny McPhee).
Pra quem não conhece a história (que lembra ligeiramente a série V), segue uma não tão pequena assim sinopse:

Num futuro próximo, a Terra foi invadido por uma raça alienígena chamada Almas. Tal seres se instalam nos sistemas nervosos da grande maioria dos seres humanos, como hospedeiros. Tirando a parte de que quem recebe um hóspede perde completamente sua consciência/existência, e fica meio apático, tais alienígenas transformam o planeta num lugar pacífico.
Temos como protagonistas "a alma" Wanderer e a humana Melanie, em quem a primeira é implantada. Wanderer passa à sofrer, incomumente, toda a explosão de sentimentos humanos de sua hospedeira, e mais adiante descobre que esta ainda está no corpo, e luta para assumir o controle.
O livro, em síntese, aborda o respeito e tolerância. Mas também tem bastante ação, principalmente por causa dos humanos rebeldes. E ainda um triângulo amoroso curioso, já que às "consciências" Wanderer e Melanie, que estão no mesmo corpo, se apaixonam pelo mesmo cara.

[Via Petiscos]
_

13 comentários :

  1. muito gente fala que esse livro é ótimo, mas desde que eu descobri que a Mayer doou uma boa porcentagem das vendas da saga de twilight pro 'Yes on 8' (campanha anti-gay) - o que faz a idea de respeito e tolerância desse livro virar uma grande piada- só espero de todo coração que esse filme seja um floop imenso.

    ResponderExcluir
  2. Não sabia disso! :O Que absurdo, Stephenie Meyer!

    ResponderExcluir
  3. Acho que a história é mais interassante que Twilight, mas vamos ver se dona Stephenie Meyer sobrevive sem as Robetes, Tayloretes e mais a "legião" de adolescentes que gostaram de Twilight.

    ResponderExcluir
  4. A mulher é contra os gay mas foi ela quem empregou Robert Pattz e Taylor Lautner -quêdize

    ResponderExcluir
  5. Acho que esse livro vai ser super legal, vai sair um pouco do roteiro de vampiros mesmo. Estou ansiosa =^.^=

    P.S: já amei Twilight, mas pelo visto não foi ela quem empregou os atores 'gays'

    ResponderExcluir
  6. Não sabia disso! :O Que absurdo, Stephenie Meyer! [2]
    nossa decepcionei demais com isso ._. Ridículo demais. Despencou no meu conceito

    ResponderExcluir
  7. o livro é horrível!
    eu começava a ler e minha cabeça doia! é sério!
    a história pode ser boa, mas o modo como foi contado, pra mim nõ serve! ficou horrível!
    eu vou assistir o filme só pra ver se é menos chato!
    e adoro crepúsculo livro também! li todos depois do primeiro filme, pq eu não consegui com ngm antes, mas valeu, e acho que os filmes não se comparam aos livros!
    vamo ver se ela acerta nesse novo, e que venha Amanhecer!

    ResponderExcluir
  8. Na verdade, essa história é um pouco mais madura. E acho que as "Robzetes" tb irão se apaixonar por Jared e Ian, e posso apostar como escolherão atores bemmm bonitos para interpretarem esses personagens! Não irão abrir mão das fãs extremamente suscetíveis que já foram conquistadas.

    ResponderExcluir
  9. adoro o livro, aguardo ansiosamente pela adaptação pro cinema, que deve ser bem difícil! uma vez que além do livro ser contado em 1ª pessoa. tem todo aquele drama de quando as duas estão conversando dentro da mente de 1 pessoa só, ou quando mesmo a 'Wanderer' fica definindo os humanos, pra mim é uma das melhores partes do livro

    Ah! O nome, no livro em português, da Wanderer é Peregrina! haha

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho 9 anos e li A hospedeira. É simplismente perfeito. Eu já li eclipse e amanhecer também, mais não chega aos pés desse. Tomara que tenha mesmo o filme.

    ResponderExcluir
  11. Acabei de ler o livro hoje, e não gostei muito do final, mas a história em si é muito boa!

    ResponderExcluir
  12. HOJE que foi descobrir? HAHA isso foi divulgado no INÍCIO do ANO PASSADO

    ResponderExcluir
  13. mamis viu eu lendo o livroo e eu falei q era de ficçao, ela amaaa esse tema. dai ela viro e falo filhaa ond tem esse filme pra mim ve! eu mae so tem em livro c pa nao faram o filme dele ! mais eh um desperdicio pq esse livro e mtooo fera!sorri e chorei com ele e ate sonhei com a peg... sonhei q tinha agarrado ela em uma das vezes q tentaram mata -la!

    ResponderExcluir