#PostResumão: Clipes que não postamos... Até agora.


Ah, vocês já estão acostumados com nossos posts-resumo com um monte de coisa junta, né? Então vamos poupar as apresentações e acompanhar os clipes divulgados nos últimos dias (ou um pouco antes):

João Brasil feat. Lovefoxxx - L.O.V.E. Banana:
Comecemos com a galera tupiniquim. Vocês já devem ter ouvido "L.O.V.E. Banana" (#quemnunca?), música de João Brasil com a participação de Lovefoxxx, vocalista do Cansei de Ser Sexy (ou simplesmente CSS). Pois o clipe saiu esses dias, e é ótimo! Todo coloridinho, pop art, safadinho, propositalmente retrô e breguinha (brega tá na moda, né? JLo, sua trendsetter!). Fora a música, que é uma delicia (em vários sentidos, rs)...



Far East Movement - So What?:
Não gosto de Far East Movement. Ponto. Os acho rappers "caricatos" demais. Sabe aquela história boba de preconceitosinho contra brancos que fazem rap? Então, talvez por serem asiáticos eles levem isso a sério (inconscientemente) a ponto de quererem colocar num mesmo pacote todos os itens familiares ao ritmo (dinheiro, balada, gostosonas, carro, luxo, bad boy attitude, etc) pra provarem que são manos também. Sem contar que eles são responsáveis por "Like a G6", que no ano passado, quando Dev era hype, era até legal, mas agora já entrou pro hall da fama das músicas mais irritantes de todos os tempos, junto com "I Gotta Feeling", "Stereo Love" e "Oração". Mas não vou negar que o clipe de "So What?", mesmo tempo vários desses elementos, funciona bem. Simples e muito bem editado, também tem um conceito legal (tudo preto com quês de rosa), embora lembre MUITO - não vamos negar - "Super Bass" da Nicki Minaj.



Linkin Park - Iridescent:
Sou o primeiro a apoiar artistas que saem de sua zona de conforto e exploram novas sonoridades. Mas às vezes tenho a impressão que Linkin Park fez isso tanto, mas tanto, que acabou perdendo sua essência. O clipe de "Iridescent" - música integrante da trilha sonora do filme Transformers: Dark of the Moon (que estreia no fim do mês) - é uma boa prova disso, com todo seu excesso conceitual. Mas artisticamente é bem bonito, com uma fotografia de baixíssima saturação (oras quase p&b) com leves sombras azuis e vermelhas (meio 3D, saca?). Lembra um pouco outro clipe deles, "Waiting For The End", cheio de constelações e tal, sem contar que as cenas do filme incluídas no vídeo funcionam de maneira harmônica, não parecendo um mero clipe de divulgação.



Florence and The Machine - Not Fade Away:
Quem é lindo, cremoso, bem informado, e leu esse post, já sabe que Florence and The Machine gravou "Not Fade Away", clássico de Buddy Holly, para o álbum-tributo Rave on Buddy Holly (que ainda conta com versões de músicas de Buddy feito por outros artistas como Julian Casablancas, The Black Keys, She & Him, etc). E há pouco saiu o clipe da música, que mistura cenas em estúdio, com cenas de Florence Welch pelas ruas de New Orleans, inclusive com um make "O Estranho Mundo de Jack + Día de los Muertos".



Memory Tapes - Yes I Know:
Genial é um bom adjetivo para descrever "Yes I Know", clipe do Memory Tapes - projeto eletrônico do produtor Dayve Hawk (Hail Social) - música que fará parte do álbum Player Piano, a ser lançado em 04 de julho. O vídeo dirigido por Eric Epstein mostra uma série de conceitos estéticos, sendo que o de maior destaque é o protagonista se desintegrando em faixas elásticas. A música lentinha, a fotografia dark, e claro, a temática, contribuem para o clima macabro.



Florrie - Experimenting With Rugs:
Black & White is the new black? A maioria dos clipes deste post são em preto e branco, perceberam? Coincidência ou não, vamos falar da gatuxinha inglesa Florrie, que apresentamos aqui no blog no final do ano passado. Ela está prestes a lançar o seu segundo EP Experiments, sucessor do Introduction, que sai dia 14, e inclusive já teve o primeiro single/clipe divulgado, "Begging Me", do qual falamos aqui. O novo single, "Experimenting With Rugs", ganhou um vídeo tão simples e cativante quanto o anterior. Dirigido por Lee Jenkins, mostra apenas a cantora fazendo caras e bocas no maior clima Madonna 80's/90's. Mesmo singelo, a beleza da Florrie (que junto com sei lá, Blake Lively, faz parte daquele seleto time de "por ela quase virava hétero") consegue preencher toda a tela e te faz assistir até o final.



(Preview) Katy Perry - Last Friday Night (T.G.I.F):
Pra fechar, vamos a uma prévia. Trata-se de "Last Friday Night (T.G.I.F)", mais um dos 9256896598 clipes saídos do álbum Teenage Dream, que estréia no dia 14. Como estretégia de divulgação, dona Katy Perry mostra o porquê é hitmaker, criando o alter-ego Kathy Beth Terry, uma garota de 15 anos, feinha e geek, que tem contas oficiais no Twitter, Facebook e tudo! Sem contar a tacada de mestre em associar a música (que fala sobre sexta-feira) com o hit on-line brega "Friday" da Rebecca Black, que inclusive participa do clipe, e aparece nessa prévia, aos 0:16 min. Sérião, puta sacada!


_

6 comentários :

  1. ja vazou o clipe da katy caminhoneira

    ResponderExcluir
  2. Isso sempre acontece, rs. Enquanto estava fazendo o post, o clipe da Katy vazou. Mas daqui a pouco eu o atualizo, ou faço outro post. Pera lá, sou um só.

    ResponderExcluir
  3. ela ta fazendo a linha veia tarada. adoro as caretas de ~me gusta

    ResponderExcluir
  4. Achei o Far East Movement meio Jay-z feelings no clipe...h3h3h3

    ResponderExcluir