08/11/2013

“Looking”, nova série da HBO, traz amigos gays descobrindo o amor em São Francisco



Depois de True Detective, estamos aqui pra trazer outra série must see que você vai ter que enfiar na sua grade de qualquer jeito.

Looking é uma série criada por Michael Lanna, que esteve envolvido na produção de Sons of Anarchy e também do filme Lembranças, com Robert Pattinson. O seriado vai estrear no começo do ano que vem (ou seja, depois de amanhã, porque né) e a premissa é acompanhar a vida de alguns amigos.

Dessa vez a ambientação acontece em São Francisco e os personagens são gays que estão procurando por amor. Não só por amor, como falou Johnathan Groff (Glee), um dos protagonistas:

A série tem esperanças de mostrar todas as facetas da vida gay. Somos diferentes tipos de pessoas. Existe um monte de gente que faz sexo anônimo. Um monte de gente procurando por amor. Um monte de gente procurando por um relacionamento aberto. Também tem os gays extravagantes. Tem aqueles que você não desconfiaria que é gay."

Groff, que vai fazer o papel de um designer de jogos, vai contracenar com Frankie J. Alvarez (Smash) e Murray Bartlett (Verão em LA). Scott Bakula (Desperate Housewives) e Russell Tovey (Being Human) também estarão entre o elenco.


Jonathan Groff, Frankie J. Alvarez e Murray Bartlett


Scott Bakula e Russell Tovey

Já tem gente dizendo que a série vai ser como uma Sex And The City gay e outros falando que vai ser mais como uma Girls gay. Por enquanto estamos pensando em chamar de "a nova série da HBO". Inovador, né gente?

A direção do piloto fica por conta de Andrew Haigh, que roteirizou e escreveu Weekend. Poderemos ver o resultado no dia 19 de janeiro de 2014, quando estreia Looking.

Update 11/11: A HBO acaba de liberar o primeiro teaser em vídeo! Corre ver:


quedelicianegente.com

7 comentários :

  1. Só pra acrescentar, a estréia vai ser nos mesmos moldes das demais séries da HBO, transmissão simultânea junto com mais outras duas séries (True Detective e outra que eu não sei o nome)

    ResponderExcluir
  2. Queer as folk foi muito boa para a sua época, rever a série hoje acaba gerando a impressão de algo meu caricato. Uma série que assisti faz pouco tempo e amei foi "Please Like me". Quero a segunda temporada o quanto antes.

    ResponderExcluir
  3. A série parece ser ótima, mas não será inovadora. Queer as Folk mandou lembranças.

    ResponderExcluir
  4. Nossa.. se for METADE da emoção de QAF.. já valeu a pena.. rsrsrs confesso que estou esperando essa série ansiosamente..

    ResponderExcluir
  5. O australiano bonitão Murray Bartlett já foi gay no filme August, que é bem bacaninha.
    Eu to torcendo pra que essa série preste. Ansioso pelo papel do Russel Tovey.

    [j]

    ResponderExcluir
  6. " Se for tão boa como queer as folk".
    Não!
    Aquela série de longe foi boa, a menos que você claro se identifique com uma vida que se resume em Sexo,Balada e Drogas/Feitiches.
    As séries gays pecam atentando somente para isso, e não cara, a vida não é só isso.Faltam coisas "inocentes", amores improváveis,dificuldades, pessoas confusas,problemáticas,inseguras e por aí vai.
    Eu mesmo resisto a assistir a series com o tema pois inevitavelmente caem nisso (Exceto "Christian e Oliver" que teve uma abordagem nova sobre o tema e um pouco de "Física o química" com dois personagens).
    Mas vamos ver sobre o que trata, espero que não seja só mais do mesmo.

    ResponderExcluir
  7. QAF foi especial pra mim, pq independente do ano ou quando vc veja uma hora ou outra vc vai se identificar com um lado apresentado lá , outra coisa que me chamou atenção é que lá a serie nao é um mar de rosas onde tudo da certo , eles mostram a vida de um gay que luta pra sobreviver na sociedade como o Michael , q no começo tinha q fingir q nao era e chegava até a "sair' com uma colega de trabalho pra q o chefe dele nao desconfiasse dele , mas isso dps muda qndo ele manda tudo pro Inferno ~adorei isso ~ Realmente nao sei o que esperar dessa série só espero que nao seja muito Taxada e que mostre todos os lados, não só o que o povo pensa qndo diz "fulano de tal é gay"

    ResponderExcluir