Warner anuncia filmes até 2020... E tem novidades da DC e “Animais Fantásticos”!



Cinema é negócio, alias, um grande negócio, então, depois da Disney/Marvel anunciar anteontem a presença do Homem de Ferro em Capitão América 3, a Warner, responsável pelos direitos da DC Comics no cinemas, reagiu. E bota reação nisso!

Conforme informa o site Deadline (aqui e aqui), Kevin Tsujihara, CEO do estúdio, fez hoje um anuncio bombástico a investidores, revelando os mais importantes filmes que irão idealizar até 2020 e dando detalhes de alguns. Vamos por partes.

Começamos pelas notícias não tão boas. A gente já sabia que Animais Fantásticos e Onde Habitam - spin-off de Harry Potter roteirizado pela própria J.K. Rowling - seria uma trilogia. Porém, inicialmente os filmes estavam marcados para o final de 2016, 2017 e 2018. Mas deram preferência por dar mais espaço entre eles. Então, o primeiro permanece em 2016, o segundo pula pra 2018 e o último pra 2020.

Por outro lado, anunciaram mais três filmes originados do sucesso Uma Aventura Lego, que antes de sua continuação direta em 2018, terá os derivados The Lego Ninjago Movie em 2016 e The Lego Batman Movie no ano seguinte.

Agora o babado mesmo consiste nos heróis. Numa resposta direta ao elogiado Guardiões da Galáxia da Marvel, a DC trará em 2016 um longa-metragem da "equipe de anti-heróis" Esquadrão Suicida, que tem uma versão televisa aparecendo atualmente na série Arrow.

No mesmo ano, em 24 de março, sai Batman e Superman: Alvorecer da Justiça, que por sua vez será a raiz de diversos filmes solos e em conjunto: Mulher-Maravilha (2017), Liga da Justiça (2018) e Liga da Justiça 2 (2019), The Flash (que será vivido por Ezra Miller, em 2018), Aquaman (com Jason Momoa, também em 2018) e Shazam (com Dwayne Johnson como Adão Negro, 2019) e, por fim, em 2020, Ciborgue (com Ray Fisher) e Lanterna Verde. Ufa!

Update 17/10: Warner tá realmente de parabéns na escolha de um elenco tão multifacetado para suas produções que, dentre os citados, incluem filmes solos com um herói negro (Ray Fisher), uma mulher (Gal Galdot) e um ator abertamente gay (Ezra Miller). Pra melhorar, segundo informa o The Hollwyood Reporter, em Batman e Superman: Alvorecer da Justiça teremos UMA Robin.



Sim, o longa trará uma versão feminina do braço direito do herói morcego, que já apareceu nas HQs como Carrie Kelley. E o melhor: será interpreta por Jena Malone, atriz mais conhecida por seu papel na franquia Jogos Vorazes, mas que já trabalhou com Zack Snyder, o diretor, no visionário Sucker Punch: Mundo Surreal (2011).
quedelicianegente.com