Stream: Beyoncé, Paramore, Olly Murs, Take That, McBusted, She & Him e mais!



Em detrimento do montão de pautas, acabamos nem postando os lançamentos da semana na seção Stream. Não seja por isso. Fiquem com 8 CDs novinhos pra ouvir no "findê"!

Começando pela dona Beyoncé Knowles-Carter, que relançou no último domingo o seu visual-album autointitulado. O Beyoncé - Platinum Edition traz duas faixas inéditas (uma delas é "7/11", que ganhou um clipe super legal), remixes, vídeos de performances ao vivo e um mini-calendário.

Além disso, a cantora finalmente disponibilizou oficialmente na internet todos os clipes que compõem o trabalho:



Ouça as novas faixas e remixes:



Também elogiado, também autointitulado, também de 2013 e que também está sendo relançado é o último disco do Paramore. Entre os bônus com músicas inéditas, demos e lives, temos uma nova versão de "Hate to See Your Heart Break" com Joy Williams do duo folk The Civil Wars, que ganhou clipe esses dias.



Olly Murs lançou na segunda-feira o seu quarto disco de estúdio, Never Been Better. No trabalho, o britânico traz seu característico pop com soul e, agora, algumas coisas que remetem à era disco. Entre as faixas temos a carro-chefe "Wrapped Up" com o Travie McCoy e "Up" com a Demi Lovato.



A banda Walk the Moon retorna para seu terceiro CD, Talking Is Hard, que oficialmente será lançado no dia 2. O material segue a linha do cativante indie-pop que os consagrou, mas como o exemplo acima, tentando incorporar sonoridades atualmente em voga (ou "já saindo de"). Até que dá certo, como no single "Shut Up + Dance".



Mesmo caso dos tiozões Gary Barlow, Howard Donald e Mark Owen do Take That. III, o sucessor do Progress (2010), ainda que pareça um pouco fora de timing, consegue equilibrar aquele "pop de boyband britânica" (algo que tecnicamente são) com uma radiofonia bem atual. Há surpresas bem melhores que "These Days", como "If You Want It" e "Lovelife".



E do super-grupo McBusted (junção de McFly e Busted), que neste "álbum crossover" parecem deixar ainda mais saltados o pop-rock e punk-pop que deixaram as bandas famosas separadamente. Que o diga o single "Air Guitar" e a colaboração com Mark Hoppus do blink-182, "Hate Your Guts".



Ao invés de um Volume Four, a dupla She & Him preferiu fazer um álbum só com covers de músicas do século passado. Em Classics, Zooey Deschanel e M. Ward dão seu toque fofo-folk-pop há clássicos como "Stay Awhile", famosa pela performance de Dusty Springfield em 1964.



Por fim, tem o EP colaborativo, já comentado aqui, lançado pela gravadora Epic Records, com versões de clássicos natalinos feitos por Fifth Harmony, Fiona Apple, Meghan Trainor, A Great Big World, Tamar Braxton, Sara Bareilles e Ingrid Michaelson. Entre no cima de fim de ano ao dar play.


quedelicianegente.com