Especial: livros, quadrinhos, games e filmes que serão transformados em séries!



Remakes, prequels e adaptações fazem parte da história do entretenimento desde que alguém contou a primeira história no mundo. O cinema, por exemplo, sempre nos presenteou com roteiros adaptados maravilhosos e os executivos começaram a ver que a TV também tinha um poder para recontar histórias dentro de seus próprios termos estéticos e narrativos.

Ultimamente, pensando em seriados, esse movimento é tão acelerado que quase nos perdemos em meio a tanta informação de shows baseados em algo já existente. Por exemplo, tem as produções certeiras como Eye Candy, que estreou semana passada, Morte Súbita de J.K. Rainha Rowling, Demolidor que virá acompanhado de outras que desembocarão em Defensores, Agent Carter pegando carona em Agents of S.H.I.E.L.D., Desventuras em Série, iZombie, Delirium, Westworld e Heroes Reborn.

Tem aquelas que ainda estão em conversação, mas que provavelmente vão ganhar sinais verdes, como a sobre as bruxas de Salém com Jenji Kohan e a distopia MaddAddam. Além dessas, temos séries que já estrearam há um tempinho, como Gotham, Constantine, The Flash e The Strain, e uma ou outra que nem começaram e já acabaram, como How I Met Your Dad. Ufa!

Pensando nisso, resolvemos fazer um apanhado dessas notícias, para você ir arrumando espaço na sua já apertada watchlist.



Instrumentos Mortais
Vamos começar com alguns filmes. A continuação de Instrumentos Mortais: A Cidade dos Ossos não deve acontecer no cinema. Ao invés disso, a Constantin Filmes (que teve prejuízo por causa do longa) vai levar a história para a TV. O produtor-executivo será Ed Decter, que roteirizou e produziu The Client List (risos), mas não sabemos se a produção vai recontar a história do primeiro longa ou se começará a partir de seu final.

Resident Evil
Outro filme do mesmo estúdio que deve ir para as telinhas é Resident Evil. Depois do lançamento do último (thanks God!) filme da franquia - previsto para 2016 - a cúpula da Constantin quer pegar carona nos zumbis da TV. Só fica o apelo para que olhem para os mais de 10 games incríveis já lançados e façam algo que os fãs admirem desde o começo.

Marley & Eu
Se tava com saudades de produções envolvendo animais fofos, pode ficar tranquilo. A NBC encomendou o piloto de Marley & Eu, continuação do filme de 2008. Depois da morte (desculpem, mas isso não é um spoiler) do dog, a família volta para a Flórida e adota um novo animal. Pelo que parece, desse vez será fêmea (chamada Lassie?) e ela vai fazer altas estripulias também. Por contrato, o primeiro episódio deve ser exibido, então, pelo menos, 40 minutinhos de outro Marley já temos garantidos.

O Advogado do Diabo
Outra série para a qual a NBC deu o sinal verde para um piloto. Baseado no filme de 1997, que por sua vez é baseado em um livro, o seriado conta a história de um advogado que entra para uma firma de advocacia gerenciada pelo Demônio (ui). O melhor é que existe uma pegadinha: se a emissora não desenvolver a série, terá que pagar uma multa enorme para a Warner, que tem os direitos do filme. Rezando (rs) para que NBC não queira pagar a dívida.

O Fantasma da Ópera
Chamando Marc Cherry, responsável por criar Desperate Housewives (sdds), a ABC vai adaptar o clássico musical. A releitura vai ser moderna e será ambientada no "concorrido mundo da indústria musical". Preenchendo a lacuna que vai ser deixada por Glee e inspirada em Nashville, a série pode ser uma Smash (mais sdds) que realmente dê certo. Só não deixem Joel Schumacher chegar perto, obrigado.



Riquinho
Lembram do filme noventista estrelado por Macaulay Culkin? A Netflix encomendou, para 2015, 21 episódios sobre o rapazinho. Nessa versão, Riquinho (Jake Brennan) fará sua fortuna depois de inventar e vender por um trilhão de dólares uma tecnologia sustentável (ai que atual!). A série não vai ser focada somente na mansão da criança e acompanhará Riquinho e seus amigos visitando a Antártida e conhecendo celebridades, por exemplo.

O Pestinha
Outro filme dos anos 90 que vai ganhar série. Scott Armstrong (Se Beber, Não Case 2) será o produtor-executivo e desenvolve o seriado para, vejam só, a NBC. Sem previsão de estreia, o show vai seguir a mesma sinopse: garoto órfão (Michael Oliver) passa por vários lares até ser adotado pelo casal Ben (John Ritter) e Flo (Amy Yasbeck).

A Escola do Rock
Agora indo para os anos 2000. Com o mesmo roteiro do longa - falso professor substituto transforma os alunos em uma banda de rock - a série tem 13 episódios encomendados pela Nickelodeon e deve estrear no segundo semestre. O comediante Tony Cavalero (Modern Family) será o protagonista, enquanto Jim e Steve Armogida (Crash & Bernstein) vão adaptar o roteiro. Os dois também atuarão de produtores-executivos ao lado de Richard Linklater e Scott Rudin, que dirigiu e produziu o filme, respectivamente. Talvez, pelo canal, as coisas fiquem meio infantilizadas, mas tem envolvidos interessantes.

Mais Um Verão Americano
Baseado em um filme de 2001 que você nem deve saber que existe, a série deve ter a mesma premissa (com algumas modificações temporais para funcionar) do longa: o último dia de verão em um acampamento de férias judeu em 1981. A pérola teve nomes como Paul Rudd, Amy Poehler, Bradley Cooper, Elizabeth Banks e Christopher Meloni no elenco e o Deadline disse que quase todos os atores devem reprisar seus papéis (#sonho). David Wain dirige e Michael Showalter roteiriza, assim como fizeram em 2001.

Minority Report
O filme de 2002 vai ganhar uma continuação. A história se passará 10 anos depois dos acontecimento do longa. Nela, um dos precogs continua com visões do futuro e conhece uma detetive (a protagonista) que tem visões do (tcharam!) passado. Ela, então, tenta ajudá-lo a entender seu dom. O roteiro é de Max Borenstein (Godzilla) e a produção fica a cargo da Amblin Television, empresa de Spielberg, que dirigiu o original. O diretor, inclusive, quer um nome de peso para viver a personagem principal, assim como fez com Halle Berry estrelando Extant.



12 Monkeys
Outro filme de ficção científica que virou série (estreou sexta-feira passada, trailer abaixo!). Transmitida pelo SyFy, canal mestre nesse gênero, 12 Monkeys tem Cole (Aaron Stanford de Nikita) como protagonista. O moço é um criminoso que, para tentar se absolvido de seus crimes, se propõe a viajar ao passado para coletar informações sobre um vírus mortal que, em seu presente, atingiu a Terra. Com 12 episódios, o roteiro fica a cargo de Terry Matalas (Terra Nova) e Travis Fickett (Nikita). Outros nomes do elenco são Noah Bean (Gang Related), Kirk Acevedo (Oz) e Amanda Schull (Suits).



Sexta-Feira 13
O 13 da sorte de Jason pode não ser um décimo terceiro filme, mas sim uma série. O clássico do terror que estreou em 1980 vai ter a produção executiva de Sean S. Cunningham, que dirigiu o primeiro longa. A história fica por conta dos roteiristas estreantes Bill Basso (O Exterminador do Futuro) e Jordu Schell (Avatar), mestres em efeitos especiais (também não entendemos a escolha). Ainda está na pré-produção e sem mais notícias, ou seja: sem emissora, data e elenco, mas muita vontade nossa de ver Jason fazendo sangue jorrar.



Better Caul Saul
Indo para os spin-offs e remakes, vamos começar com Better Call Saul. Vindo do sucesso de Breaking Bad, a série estreará daqui a pouco, dia 8 de fevereiro, e já tem sua segunda temporada confirmada. Ela contará a história do famoso advogado de Walter White e Jesse Pinkman, seis anos antes de conhecê-los e ainda usando o nome de Jimmy McGill.



The Walking Dead Spin-Off
Não tem nome definido (rumores indicam Cobalt), não tem data definida (só se sabe que 2015), não tem muita coisa definida. O que sabemos é que os produtores de The Walking Dead querem que acompanhemos outro grupo de sobreviventes, que não estão em Georgia, no mesmo universo de Rick e sua turminha. Também sabemos que a série terá cinco protagonistas: Sean e seu filho Cody Cabrera, Nancy e seus filhos Nick e Ashley Tompkins e a avulsa Andrea Chapman (sdds Piper). Alguns sites estão dizendo que o spin-off será um prequel e mostrará o início do apocalipse zumbi, em Los Angeles. De todo modo, vamos torcer para que o spin-off não desanime alguns espectadores assim como TWD conseguiu fazer em temporadas passadas.

Jekyll & Hyde
A série segue uma história paralela à famosa O Médico e o Monstro. O neto do médico "original", Dr. Robert Jekyll (Tom Bateman de Da Vinci's Demon) tenta entender sua identidade, que divide com o monstro Hyde, e da onde vem a maldição de sua família. Ambientada na Londres dos anos 30, a série ainda vai ter muitas criaturas sobrenaturais, como zumbis, vampiros, lobisomens, entre outras. Com 10 episódios iniciais, o roteiro e a produção-executiva ficam a cargo de Charlie Higson (The Fast Show).

Utopia
Depois de Garota Exemplar, David Fincher vai se juntar novamente com Gillian Flynn. Dessa vez será para o remake de Utopia, série exibida pelo britânico Channel 4. A trama é bem única: um grupo de fãs de uma graphic novel, que supostamente previu os maiores desastres da história, descobre que o autor escreveu uma continuação secreta. Eles então saem em busca dessa nova história e acabam descobrindo o que há por trás de sua criação da publicação. Fincher dirigirá todos os episódios, assim como Gillian é cotada para roteirizar a primeira temporada inteira, e será o produtor-executivo da programa que estreia na HBO, porém ainda sem data.

Prison Break, 24 Horas e Arquivo X
Embora só suposições, vale abrir um parêntese para Prison Break, 24 Horas e Arquivo X. Na semana passada, na mesma oportunidade em que renovou algumas de seus programas atuais, a Fox deixou todo mundo em polvorosa ao afirmar que estuda um retorno das três icônicas produções. Ainda sem nada muito concreto, no caso dessa última, o canal quer trazer de volta os atores Gillian Anderson e David Duchovny, e o criador Chris Carter, o que pode não rolar, segundo os próprios, por causa de uma agenda cheia. De qualquer forma, we want to believe!



The Returned
Depois de Ressurrection, que se inspira em Les Revenants, os EUA vão fazer um remake-mesmo da já cultuada série francesa. Assim como na história original, pessoas que estavam mortas voltam à vida ~do nada. Depois disso, coisas bem estranhas começam a acontecer na cidade pra qual os mortos retornaram. Com estreia marcada para 9 de março no A&E, o seriado terá Mary Elizabeth Winstead (The Beauty Inside), Michelle Forbes (The Killing), Jeremy Sisto (Law & Order), Mark Pellegrino (Being Human) no elenco e também já tem trailer:



Krypton
Agora com os super-heróis. Gotham estreou, o furor passou (principalmente depois de vermos que é mais brega do que aparentava), mas a cabeça de David S. Goyer não parou de funcionar. Está nos trilhos uma série sobre as origens do Superman, mais focada em seu planeta natal, como sugere o nome, e no Clã El. Ou seja, podemos esperar uma coisa diferente do Smalville que, de uma maneira ou de outra, angariou fãs. Infelizmente, não sabemos quando vai estrear, mas também será no SyFy.

Supergirl
A série da prima do Superman está sendo desenvolvida por Greg Berlanti (Arrow), Ali Adler (Chuck), estreará na CBS e, mesmo assim, se passará no mesmo universo que Arrow The Flash, com possibilidade de crossover (assim como em Vixen, a animação que vai estrear no CW Seed, plataforma digital do canal). A moça vai ter uma origem diferente dos quadrinhos. Com 24 anos, e adotada aos 12, Kara Zor-El aprendeu com os Danvers a guardar seus poderes. Quando precisa usar suas habilidades em público pela primeira vez, fica contagiada pelo heroísmo e decide se tornar uma salvadora. Rumores indicavam que Claire Holt (Rebecca de The Originals) poderia ficar com o papel, mas a informação não se ateve. De qualquer maneira, gente, uma série com protagonista feminina já é pra amar.

X-Men
Depois de nos maravilhar com seus desenhos animados, os X-Men podem finalmente ganhar uma série. Mesmo com os efeitos especiais da TV não sendo aquela maravilha do cinema, os rumores são de que Mercúrio (vivido por Evan Peters em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido) seja um dos papéis principais, mas desse vez mais velho. Além dele, outra possibilidade é colocar o Homem Múltiplo com o papel principal, já que o personagem ganhou importância nas HQs. Também dizem por aí que uma personagem feminina é cotada para dividir esse protagonismo. Lançamos agora a campanha #VemPsylocke.



Riverdale
Ainda nos quadrinhos, quem conhece Archie vai gritar agora. A série é uma tomada moderna nas aventuras de Archie, Betty, Veronica e sua turma do barulho. A produção vai explorar o surrealismo da fictícia cidade e também as coisas estranhas e obscuras que acontecem. O seriado será transmitido pela Fox e produzido pela Warner - que chamou Greg Berlanti (Supergirl) para o time - mas ainda não tem data de estreia.



Men In Shorts
Falando um pouquinho da vida real, o jogador de futebol Robbie Rogers vai virar personagem de uma série. O atleta foi o primeiro da maior liga do esporte a se declarar gay e por isso recebeu um monte de holofotes. Escrita por Claudia Lonow (Accidentally On Purpose), que também será a showrunner, e Jordon Nardino (Desperate Housewives), o seriado será uma comédia de câmera única. Os dois também serão produtores-executivos junto com Craig Zadan (Drop Dead Diva) e Neil Meron (Smash), além do próprio Rogers como produtor. Ainda não tem data para chegar à TV, mas torcemos para que não seja aquela coisa estereotipada e tosca, amém.

Scream Queens
Temos também a novidade de que Ryan Murphy e Brad Falchuck se juntaram à Ian Brennan (Glee) e decidiram fazer uma série inspirada no formato de American Horror Story. Ou seja, cada temporada vai ter uma história. Dessa vez, o foco não será no sobrenatural, mas sim em assassinatos. Marcada para estrear no segundo semestre de 2015, o enredo do primeiro ano já está definida: uma série de mortes acontecem no campus de uma universidade. Como se só isso não fosse legal, a ideia é que o seriado tenha sempre protagonistas mulheres (ponto para o time das meninas!), sendo Emma Roberts e Jamie Lee Curtis as primeiras a estrelarem o show. Além disso, Lea Michelle (Glee), Abigal Breslin (Pequena Miss Sunshine), Keke Palmar (True Jackson), Ariana Grande (!!!) e Joe Manganiello (True Blood) fazem parte do elenco recém-divulgado.

American Crime Story
Ainda com Murphy, o FX comprou a ideia de American Crime Story. A série mostrará um caso judicial famoso dos EUA por temporada. A primeira retratará "O Povo vs O. J. Simpson", caso em que o ex-jogador de futebol foi acusado de matar a ex-esposa. Além de Ryan, a produção-executiva tem Brad Falchuck (Nip/Tuck), Nina Jacobson (Jogos Vorazes), Bradford Simpson (Guerra Mundial Z) e Dante Di Loreto (The New Normal). Já na atuação, Sarah Paulson (American Horror Story) é a promotora Marcia Clark, Cuba Gooding Jr. (Selma), o protagonista, David Schwimmer (Friends) vive Robert Kardashian e John Travolta - que retorna à TV após 40 anos - é Robert Shapiro, ambos advogados de Simpson.



The Odd Couple
Baseada na série Um Estranho Casal dos anos 70, Matthew Perry vem tentar de novo depois de ter Go On cancelada. A história da sitcom segue o momento em que dois divorciados precisam dividir uma casa. Perry vai ser o desorganizado Oscar Madson, enquanto Thomas Lennon é o certinho Felix Hungar. Com estreia marcada para 19 de feveriro, o seriado é da CBS, tem o roteiro e a produção também nas mãos do ex-Friend e já ganhou trailer também.



League of Pan
Os Garotos Perdidos, amigos do Peter Pan, sempre foram meio ignorados. Daí a Fox (olar) decidiu encomendar uma história só deles. Após 15 anos de terem morado na Terra do Nunca, os meninos voltam para Londres e descobrem que alguém está matando-os, um a um. Andrew Miller (The Secret Circle) é o roteirista e produtor-executivo, junto com Brian Grazer (Arrested Development) e Francie Calfo (Those Who Kill).

O Chamado do Cuco
Outro livro de Rowling também vai pra TV. A BBC One chamou a mesma produtora de Morte Súbita para levar Cormoran Strike e Robin para as telinhas. A história é de um detetive particular que investiga a morte de uma supermodelo. A série ainda não tem nem duração e número de episódios, coisas que vão ser definidas junto com J.K. Vale ainda lembrar que Strike já tem outra aventura na prateleira, O Bicho-da-Seda. Se tudo der certo, o canal pode até querer mostrar esse enredo de forma serial. Além disso, Rowling disse que tem mais de sete histórias planejadas para a série. Ou seja: money, money, money, money.



Twin Peaks
Agora pra fechar, o canal Showtime aparece com um comeback (vem Britney!). Comemorando o aniversário de 25 anos, a aclamada Twin Peaks voltará. Ambientada nos dias atuais, David Lynch e Mark Frost vão escrever os roteiros de noves episódios, que se passam 20 anos após os acontecimentos da última temporada. Dirigida por Lynch, muitas respostas que os fãs morrem para saber serão finalmente mostradas. Kyle MacLachlan volta para reprisar o papel de Dale Cooper, agente do FBI, mas nada foi dito de outros nomes do elenco. Diferente da maioria das séries citadas aqui, essa deve dar às caras só em 2016.
quedelicianegente.com