Veja o trailer do documentário do Netflix sobre a lenda do soul Nina Simone



What Happened, Miss Simone? é um documentário dirigido por Liz Garbus que conta a história da lenda conhecida pelo título "Alta Sacerdotisa do Soul": Nina Simone. O filme estreou no Festival de Sundance deste ano e também faz parte da seleção oficial do Festival de Cinema de Berlim.

Agora será possível também desfrutar dessa maravilha da sétima arte no Netflix. Mas não pense que é só sobre música. Garbus quis mostrar também os problemas pessoais de Nina, como o transtorno de bipolaridade do qual ela padecia. Além disso, a diretora também trata sobre o seu lado ativista. A partir de 1964 a cantora da Carolina do Norte, cujo nome verdadeiro era Eunice Kathleen Waymon, começou a tratar de temas sociais em suas canções.

Em seu álbum Nina Simone in Concert (gravação ao vivo de 1964) Nina pela primeira vez referiu-se à desigualdade social que prevalecia nos Estados Unidos com a canção "Mississippi Goddam", sua resposta ao assassinato de Medgar Evers e a explosão de uma igreja em Birmingham, Alabama, que matou quatro crianças negras. A canção foi lançada como single e boicotada em alguns estados do sul. "Old Jim Crow", do mesmo álbum, referia-se às leis de Jim Crow.

E depois disso uma mensagem de direitos civis passou a estar presente nos repertórios de gravação de Simone, tornando-se parte das suas apresentações. Simone apresentou-se e discursou em muitos encontros pelos direitos civis, incluindo nas nas marchas de Selma a Montgomery. Ela inclusive defendeu, durante esse período, uma revolução violenta, contrastando com a abordagem pacífica de Martin Luther King.

Liz afirmou ainda que "O brilho de Nina Simone mudaria para sempre a cena músical ainda que ela nunca tivesse essa intenção. Ela lutou contra seus demônios internos e externos, e sua vida foi tanto um reflexo do legado do racismo nos EUA quanto do extraordinário exemplo do poder que uma voz justa pode contornar até os mais nefastos legados históricos". Assista ao trailer:



Garbus desenterrou horas de gravações rara de Simone contando sobre sua vida, trança esses clipes com cenas de concertos e seleciona entrevistas do presente para construir um retrato fiel da icônica cantora. O documentário estará disponível no dia 26 de junho no serviço de streaming.
quedelicianegente.com