As várias facetas e intimidade de Neon Hitch no clipe da “Sparks”



Eita vida difícil essa de fã da Neon Hitch! A moça, que surgiu em 2010 com "Follow me Down" do 3OH!3, passou todo esse tempo lançando singles soltos, EPs e mixtapes enquanto a sua antiga gravadora, Warner Music, deixava o seu álbum de estreia na geladeira.

Ela então resolveu promover um financiamento coletivo para conseguir trazer o material, intitulado Eleutheromaniac, à vida. No entanto ele ainda permanece sem data de lançamento definida, mas com algumas faixas já divulgadas, como o buzz-single "Warner Blvd" (que acabou não entrando na tracklist), a carro-chefe "Yard Sale" e as recém divulgadas "Freedom" e "Eleutheromaniac".

Outra delas é "Sparks", vazada no início do ano e depois foi lançada como single oficial. Tal canção agora ganhou um clipe, dirigido por Ryan Gregory Phillips, onde Neon aparece vivendo histórias aparentemente paralelas - da celebridade infeliz na vida pessoal até uma mulher feliz curtindo com os amigos - em meio a takes conceituais.

Tá tudo bem confuso, mas tem um interessante toque pessoal, principalmente com a apresentação de gravações feitas em sua infância, no finalzinho do vídeo.


quedelicianegente.com