Kendrick Lamar lança clipe surreal, grandioso e crítico para “Alright”



Após sua recentemente aparição na nova versão de "Bad Blood" da Taylor Swift, Kendrick Lamar volta à promoção do To Pimp A Butterfly, um dos discos mais elogiados do ano, já possuidor de coisas como "King Kunta".

O rapper lançou hoje o clipe da faixa "Alright", que faz jus à qualidade do material. Completamente em preto e branco, mas mesmo assim com uma apurada fotografia dentro dos limites de tal recurso, o vídeo faz uma dura crítica aos recentes assassinatos de negros desarmados por policiais, em cidades estadunidenses como Baltimore, Oklahoma e North Charleston.

Embora direto e sério, Kendrick encontra espaço para abordar o assunto de forma metafórica e surreal, em cenas como a de um carro só com jovens afro-americanos sendo carregados por policiais como se fosse uma liteira, ou ainda nas do cantor flutuando por aí, aos moldes de Karin Dreijer Andersson (The Knife, Fever Ray) em "What Else Is There?" do Röyksopp.


quedelicianegente.com

4 comentários :