Papo: ao responder Nicki, Taylor comprova como é difícil reconhecer privilégios



Reconhecer privilégios é algo bastante complicado. Quando criamos nossa concepção de mundo, tudo o que conhecemos já está dado há bastante tempo. Entender o papel que esperam de você, quando se está inserido em uma sociedade machista e racista (e um monte de outros adjetivos que não cabem agora), é feito de forma tão natural que passamos boa parte da vida sem discutir o nosso entorno.

Enquanto apreendemos o mundo, nossos privilégios estão conosco desde o dia zero e enxergá-los é uma tarefa difícil. Por exemplo, perceber que a liberdade de um homem vai além da de uma mulher não vem de forma fácil pro nosso consciente, ainda mais quando você é o homem. Assim, é quase impossível pedir que uma pessoa branca saiba e entenda que uma pessoa negra não tem os mesmo benefícios sociais que ela tem, ainda mais porque a pessoa branca sempre os teve. Taylor Swift fez exatamente isso recentemente com Nicki Minaj.



Se você não sabe, vai um resumo: Nicki apontou como "Anaconda", vídeo que quebrou recordes, foi lembrado apenas duas vezes pelo VMA deste ano (uma na categoria "Melhor Clipe Feminino" e outra em "Melhor Clipe de Hip Hop"). A rapper disse claramente que se fosse um outro tipo de artista, uma mulher magra, como outras que impactam culturalmente o mundo, mais indicações para o clipe seriam óbvias. Ano passado tivemos "Wrecking Ball", de Miley Cyrus, com teor similar e tantas visualizações quanto, sendo ovacionada pela MTV. A diferença é que esse clipe teve destaque na premiação e nessa edição do VMA a própria Miley irá apresentar. Voltando aos tweets, Taylor entendeu que a rapper estava dizendo seu nome nas entrelinhas e mandou uma mention dizendo que era estranho ver Minaj colocando uma mulher contra a outra.

A carapuça era mesmo para a queridinha da América. Nicki disse sim o nome dela nas entrelinhas. Disse o nome de Taylor, Sia, Ellie Goulding, Florence Welch, Jessie J e Colbie Caillat: todas brancas e lembradas. Dentre essas citadas, Swift é a única que tem mais de uma indicação, totalizando nove, com dois clipes - "Bad Blood" e "Blank Space". É claro que esse fato diz como as produções de Taylor são boas, mas não constata que as das outras mulheres - que só tiveram uma indicação cada - não tenham a mesma qualidade. Premiações funcionam assim mesmo: quem tiver mais força de mercado e visibilidade, tem mais chances de ser lembrado e ganhar. Se acontece no Grammy, acontece em todos os outros awards.

O problema está justamente em como essa força de mercado e visibilidade são ganhas. Você pode dizer que nem todo mundo nasceu para brilhar, que muitas pessoas simplesmente não são boas o bastante e isso tudo pode ser verdade. Só não é aceitável esquecer que uma indústria na sua forma capitalista mais pura sempre vai beneficiar uns em detrimento de outros. E adivinhar quem são os preteridos não é nada difícil. Mulheres estão abaixo de homens, homossexuais são menos que heterossexuais, magros estão acima dos gordos, pessoas cis podem existir enquanto as trans não e brancos são superiores aos negros. É realmente necessário explicar isso sempre?



Taylor Swfit não deu nenhum tapa de luva em Nicki Minaj. Ela só foi cega por não reconhecer que a indústria musical escolheria beneficiá-la porque, bem, ela já tem todos seus privilégios. Usar o argumento de que Nicki preferiu ir contra uma mulher do que apontar a presença masculina na premiação só demonstra o quanto ela não entendeu o ponto da outra artista. Ou ela não compreendeu ou, pior, preferiu não discutir o que estava sendo posto e ainda quis se mostrar superior. Quase não cabe aqui uma análise de atitudes prévias da ex-country star e dizer que Taylor, supostamente, é mimada e egocêntrica. No mais, ali tivemos somente uma pessoa branca que parece incapaz de enxergar todos os privilégios que teve durante a vida inteira. Um branco sendo o protagonista de algo que não é sobre ele. Elvis ainda é o Rei do Rock.

Alguns dos que não entenderam ainda falam que isso tudo é uma grande lamentação vazia de Nicki. Isso tudo porque Beyoncé, uma negra, teve cinco indicações com "7/11", um vídeo que, aparentemente, nem merecia. Não há como tirar toda a importância que Beyoncé tem com sua força enquanto mulher no mundo da música, mas nesse caso vale perguntar: quando a ex-Destiny's Child falou de racismo abertamente? Claro que Beyoncé está, em parte, inserida em um meio musical que Nicki também compartilha, mas ela não é rapper. Se pegarmos seu trabalho, de um modo geral, ela não leva a carga cultural e social do rap, nem mesmo do hip hop. Não há comparações. Isso sem nem levarmos em conta o fator embranquecedor que faz com que sua imagem seja contemplada também pela beleza padronizada, algo que discutimos um pouco quando Lupita Nyong'o foi eleita a mulher mais bonita pela People, ano passado.

É muito triste e cansativo perceber o quanto muitas pessoas preferem apagar qualquer discussão sobre racismo e transformar em outra coisa. Infelizmente, essa invisibilidade é um processo comum e esse episódio só mostra mais um pouco disso. Com uma rapidez monstra, tudo virou simplesmente uma briga entre duas mulheres, quando uma delas sequer estava dizendo algo especificamente sobre gênero. Dessa forma, não demorou muito para massas de fãs transformarem a discussão em briga divas pop, em algo que fosse necessário escolher um lado. Aparentemente tudo se resume a isso: #TeamCatastophre vs. #TeamArsyn. Não é momento para ser fã de Taylor Swift, é hora de abordar o racismo na indústria musical. E, surpresa, isso nem mesmo exige que você seja fã ou goste de qualquer coisa que Nicki Minaj faça como artista.

Empatia pode ser construída e aprendida, assim como o reconhecimento de privilégios. Transformar tudo sobre si mesmo só mostra falta de simpatia ou interesse em ouvir argumentos de causas que você não conhece. So take a look what you've done.

Nota: Não somos mulheres e nosso lugar de fala, como homens, pode não nos permitir enxergar qualquer mal interpretação sobre questões feministas. Então, caso algum ponto tenha sido colocado de maneira incorreta ou insensível deve ser apontado para que possamos corrigir.
quedelicianegente.com

12 comentários :

  1. Texto muito bom, entendi realmente essa briga!

    ResponderExcluir
  2. Que foi totalmente infundada, como voce mesmo diz, desviou totalmente a atenção para algo fútil e desnecessário, briga de rainhas do pop, damn!

    ResponderExcluir
  3. Cara na boa, entendi e tal a historia da Minaj, concordo que taylor teve muitos privilégios. Mas não levaria isso a uma discussão racista... até foi bem citado o exemplo da Beyonce... o problema alí é que a Minaj leva, como foi citado, a carga do rap e do hip-hop e a beyoncé não...tai pq a beyonce é maior do que a Minaj... nao to dizendo que o hip hop e o rap são inferiores, mas o estilo pop que a beyonce escolheu é mais popular ( e ela sabia disso) ...querendo ou nao o hip hop não é tão popular quanto o pop. E voltando a Taylor.... o country nos EUA é estouro total, o hip hop não chega nem perto. Por conta de discussoes sobre racismo, os generos considerados da população negra, (falo considerado, mas nao concordo) ganharam muita visibilidade e empatia, mas ainda não chegou a popularidade do country nos EUA. Nao se trata de Nicky e Taylor, não se trata de Preta e Branca.... são dois gêneros diferentes e um é mais popular que o outro..entao a Taylor leva a melhor.

    ResponderExcluir
  4. Pra mim isso é dor de cotovelo, a minaj não tem que falar nada sobre racismo se ela mesma já lançou cremes pra clarear a pele, por favor, se você não quer que tenham preconceito comece por você. Fora que se o clip anaconda fosse de uma mulher branca não ganharia nem mais nem menos prêmios, a música não foi tão impactante assim como a da Miley porque ela chocou as pessoas com uma mudança radical, já a minaj não porque não tinha o que a Miley tinha como hanna Montana. Não vi racismo em parte alguma dessa situação, só uma cantora que não se conforma em ter ganhado menos que a outra, isso tá mais pra invejosa verde do que preconceito com negros.

    ResponderExcluir
  5. Miley aparece nua em Wrecking ball, porém com uma proposta bem diferente da Nicki em Anaconda.

    Enquanto Miley fica pelada pra indicar vulnerabilidade. Nicki é apelativa e vulgar. Não que eu ache errado. Anaconda é bem divertido. Mas não tem conteúdo. Não mereceu a indicação mesmo.

    ResponderExcluir
  6. nike sneakers, http://www.nikerunningshoes.cc/
    vikings jerseys, http://www.minnesotavikingsjersey.us/
    belstaff outlet, http://www.moncleroutletstore.us.com/
    roshe run men, http://www.rosherunshoessale.com/
    cheap football shirts, http://www.cheapfootballshirt.org.uk/
    true religion jeans, http://www.truereligionoutletstore.us.com/
    chicago bears jerseys, http://www.chicagobearsjerseys.us/
    ferragamo outlet, http://www.ferragamo.eu.com/
    salomon shoes, http://www.salomonshoes.us.com/
    ghd uk, http://www.ghdhairstraightenerssale.co.uk/
    insanity workout, http://www.insanityworkout.us.com/
    pandora, http://www.pandora.eu.com/
    north face jackets, http://www.thenorthface.me/
    soccer jerseys wholesale, http://www.soccerjerseys.us.com/
    ray-ban sunglasses, http://www.rayban-sunglassess.us.com/
    saints jerseys, http://www.neworleanssaintsjerseys.us/
    chicago bulls jersey, http://www.chicagobullsjerseys.net/
    lebron shoes, http://www.lebronjamesshoes.in.net/
    nike air max 2014, http://www.airmax2014.net/
    dallas cowboys jersey, http://www.dallascowboysjersey.us/
    rolex watches, http://www.rolexwatches-uk.co.uk/
    1012

    ResponderExcluir
  7. tiffany and co, http://www.tiffany-outlet.us.com/
    steelers jerseys, http://www.pittsburghsteelersjersey.com/
    the north face outlet, http://www.thenorthfacejacket.us.com/
    hermes outlet, http://www.hermesbags.co.uk/
    canada goose jackets, http://www.canadagoose.us.org/
    hollister canada, http://www.hollistercanada.com/
    louis vuitton handbags outlet, http://www.louisvuittonhandbags.org.uk/
    miami heat, http://www.miamiheatjerseys.net/
    beats by dre, http://www.beats-headphones.in.net/
    lululemon outlet, http://www.yogapants.us.com/
    michael kors outlet online, http://michaelkors.outletonlinestores.us.com/
    los angeles lakers jerseys, http://www.lakersjerseys.us/
    tods outlet, http://www.todsoutlet.us.com/
    mulberry uk, http://mulberryoutlet.outlet-store.co.uk/
    rolex watches,rolex watches,swiss watches,watches for men,watches for women,omega watches,replica watches,rolex watches for sale,rolex replica,rolex watch,cartier watches,rolex submariner,fake rolex,rolex replica watches,replica rolex
    nike air huarache, http://www.nikeairhuarache.org.uk/
    herve leger dresses, http://www.herveleger.us.com/
    snapbacks wholesale, http://www.cheapsnapbacks.us.com/
    mac makeup, http://www.maccosmetics.in.net/
    1012

    ResponderExcluir