“Quantum Break” mistura game e série com atores de X-Men e Game of Thrones



Anunciado em 2013 e adiado duas vezes, finalmente a Remedy Entertainment, empresa finlandesa criadora da franquia Max Payne, agendou oficialmente o game Quantum Break e soltou um monte de materiais promocionais, sugerindo que agora vai!

Além de uma super interessante premissa envolvendo viagem no tempo, que foi desenvolvida com a consulta de um cientista da CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear), o jogo tem uma proposta multimidiática. Ele virá acompanhado de um seriado, cujos episódios serão transmitidos conforme a transição de fases e terão influências no enredo que dependerão das decisões tomadas pelos jogadores, e vice-versa.

A trama tem início numa experiência que dá errado feita na fictícia Universidade de Riverport nos EUA. O evento afeta os três personagens principais, Jack Joyce, Beth Wilder e Paul Serene, que criam habilidades diferentes de manipulação temporal. Enquanto o primeiro é capaz de parar o tempo, o último, que é o antagonista, pode prever o futuro e usa tal poder para perseguir os protagonistas, no comando da organização Monarch Solutions.

Olha só o trailer oficial transmitido na agora na feira Gamescom 2015 para entender melhor:



Tanto na série, como na captação de movimentos na versão remodelada do jogo, os personagens citados serão vividos, na ordem, por Shawn Ashmore (o Homem de Gelo dos filmes X-Men), Courtney Hope (Bones) e Aidan Gillen (o Petyr Baelish em Game of Thrones). O elenco ainda conta com Dominic Monaghan (Lost), Lance Reddick (Fringe) e Patrick Heusinger (Cisne Negro).

Além do trailer, também divulgaram um vídeo apresentado por Shawn, onde ressalta que tudo é focado nos personagens e experiência do gamer. "Acho que esta é uma maneira única de contar histórias e vai deixar os jogadores bem próximos dos personagens", conta o ator.



Quantum Break chega às lojas para Xbox One em abril de 2016.
quedelicianegente.com

Um comentário :