Stream: discos novos do Hurts, Janet Jackson, Anitta, Selena Gomez e mais!



Nosso último post da seção Stream foi há duas semanas, devido ao baixo número de lançamentos durante a primeira delas. Só que na seguinte houveram vários, então temos muitos CDs recentes pra comentar. Melhor assim, pois você terá bastante música nova para ouvir nos próximos dias!

Clique em "leia mais" e confira mais informações, links para streaming no Spotify (ou outras plataformas, quando necessário) e compra no iTunes.

• Começamos pelo aguardado Surrender, terceiro disco de estúdio do Hurts. Como já deu pra sacar com todas as músicas liberados antes de seu lançamento - "Wish", "Lights", "Slow", "Rolling Stone" e "Some Kind Of Heaven" - o trabalho é bem multifacetado e com uma sonoridade mais dançante e, digamos assim, otimista que os anteriores. Isso choca num primeiro momento, mas o DNA do duo permanece intacto.

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• Outro disco que saiu bastante da casinha com relação ao que a artista vinha fazendo é o Revival da Selena Gomez. Algo perceptível através de "Me & The Rhythm", "Same Old Love" e "Good For You", a cantora veio com vontade de experimentar mais ritmos dentro da música eletrônica e r&b e misturá-los com o seu pop. Um "defeito"? Todas as faixas não têm um ápice bem marcado. Nesse sentido, nos lembrou um pouco o novo disco do Adam Lambert.

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• Essa também é mais ou menos a lógica do Bang da Anitta, que está sendo lançado oficialmente hoje, embora tenha vazado na última sexta-feira, mesmo dia em que lançou o comentadíssimo clipe da faixa-título. Dá pra ver que há toda uma boa intenção de explorar sonoridades, acompanhadas da mistura de funk e pop que tornou a cantora famosa. Funciona em boa parte do casos, mas a falta de uma produção mais apurada faz com que outros não cheguem lá.

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• E já que estamos no tema "made in Brazil", não dá pra não falar do Selvática da Karina Buhr. Lançado no finalzinho de setembro, contendo sua "MPB roqueira" e letras ótimas, o CD enfrentou censura do Facebook por causa da capa, em que Buhr aparece com os mamilos expostos. A polêmica, que revela o machismo nos mais diversos contextos e lugares, até teve seu lado positivo neste caso, gerando atenção ao material e apoio do público à cantora baiana.

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• E a diva r&b Janet Jackson mostra que ainda está em forma e pode soar atual até no pop com o delicioso Unbreakable, mesmo depois de sete anos do último álbum. Já conhecíamos as faixas "No Sleeep", "Unbreakable" e "BURNITUP!", mas há outros destaques como "The Great Forever", "Night", "Dream Maker/Euphoria" e "Take Me Away".

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• Em Stories, Avicii dá continuidade ao que fez na estreia em True (2013), misturando música eletrônica a ritmos inusitados, e escolhas de vocalistas pouco conhecidos do grande público. O segundo disco de estúdio do DJ sueco já rendeu os singles "Pure Grinding", "For a Better Day" e o hit "Waiting for Love".

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.

• Falando em música eletrônica, temos For You, quinto disco de estúdio de Frankmusik, que rendeu o clipe "I Remember", conforme comentamos ontem mesmo, além de "This" em maio.

Ouça nesse link ou adquira no iTunes.

• Por fim tem o pop-punk do New Found Glory com o Resurrection: Ascension. O material é, na verdade, um relançamento do oitavo álbum da banda, Resurrection (2014), com a inclusão de materiais inéditos como "Vicious Love", colaboração com a Hayley Williams do Paramore.

Ouça no Spotify ou adquira no iTunes.
quedelicianegente.com

2 comentários :