Cheio de simbolismo, Bastille explora o fanatismo religioso no clipe “Blame”



Depois de teasers divulgados nos últimos dias através de sua conta oficial do Twitter, o Bastille revelou nesta quinta-feira, 15, o clipe de "Blame".

Oriunda do mais recente álbum da banda inglesa, Wild World, a canção possui uma sonoridade de rock alternativo e letra com uma imagética violenta, narrando uma disputa entre gangues.

Transportando essa temática a um contexto religioso, o vídeo acompanha diversos personagens membros de uma seita com estranhíssimos hábitos - como cultuar um recipiente cheio de água e uma boca! Como sabemos, o vocalista é fanzão do David Lynch, então vem tudo carregado de muito simbolismo e de uma linguagem visualmente dramática. A direção é de Elliott Sellers, responsável por "Not About Angels" da Birdy.



Wild World é o segundo disco de estúdio de Dan Smith e cia, lançado em setembro, que já conta com "Send Them Off!", "Good Grief" e "Fake It".
quedelicianegente.com