Tokio Hotel entra de cabeça no synthpop no single “What If” do álbum “Dream Machine”



Carly Rae Jepsen que se prepare, Tokio Hotel está voltando e está para lá de oitentista!

Em 2016, o hype do synthpop pode ter dado uma diminuída devido à tendência do tropical house, que dominou as rádios, mas segue firme e forte diluído a outros ritmos. Foi o caso do The Weeknd, por exemplo, que o misturou a outras vertentes eletrônicas, inclusive o próprio house, em seu mais recente álbum, com direito até a parcerias com o Daft Punk.

Seguindo por esse caminho, temos a banda alemã com o single "What If", que é todo trabalhado nos sintetizadores, riffs de guitarra e vozes robóticas. Dá uma ouvida:



A música fará parte do disco Dream Machine, que já ganhou a faixa "Something New" na semana passada e está programado para 3 de março de 2017. Ah, a imagem revival-anos-80-stranger-things que ilustra o post (clique para vê-la na íntegra) é a capa do trabalho.

Vale lembrar que o último CD deles foi o Kings of Suburbia, de 2014, do qual saíram músicas como "Run, Run, Run" e "Girl Got a Gun". No começo deste ano, o vocalista Bill Kaulitz fez uma incursão à carreira solo através do EP I'm Not Ok (I Promise).
quedelicianegente.com