Já com clipe, Gorillaz retorna com o politizado single “Hallelujah Money”



Após um período de seis anos sem lançar materiais novos, a banda virtual criada por Damon Albarn e Jamie Hewlett, Gorillaz, divulgou hoje (19) "Hallelujah Money". A canção é uma parceria com o premiado cantor, poeta, compositor e multi-instrumentista londrino, Benjamin Clementine.

Lançada já com vídeo na véspera da posse de Donald Trump, a faixa é um protesto à atmosfera política de 2016, particularmente à influência de questões monetárias e raciais das eleições estadunidenses. Descreve os EUA onírico e surreal que Trump prometeu aos eleitores e usa uma árvore como símbolo da prosperidade ocidental.

Dirigido por Albarn, Hewlett e Giorgio Testi, o material visual mostra Clementine num elevador, no qual são projetadas animações e trechos de filmes que refletem o terror e a crítica social do teor da letra. Entre as projeções, há A Revolução dos Bichos, de John Halas e Joy Batchelor, um vídeo de membros do Ku Kux Klan, entre outros.



Na conta oficial do Twitter do Gorillaz, escreveram o seguinte sobre a canção: "Em tempos escuros, precisamos de alguém que nos sirva de inspiração. Eu. Aqui lhes entrego um raio de verdade em uma noite sombria. Agora caiam fora! Coisas novas não vão se escrever sozinhas".

O novo álbum da banda ainda não tem previsão de lançamento, mas deve sair ainda neste ano.
quedelicianegente.com